Saudações Aventureiros!

Trago hoje uma pequena discussão filosófica, que sempre é presente em mesas onde os jogos tem uma temática heroica sem motivo: Qual a motivação do meu personagem?

É muito fácil colocar em papel “n” coisas que o seu personagem tem feito até você “assumir” ele (em alguns sistemas, isso é chamado Histórico, ou Background), e daí por diante, você dirigindo ele, o personagem assumir características diferentes, e até divergentes, do que foi colocado no histórico. É até natural, já que a personalidade dele está sendo moldada por você, mas, onde fica a real motivação dele? Por que ele está nessa “vida de aventuras” se não por uma motivação maior? Ou, o que ele faz afinal de conta da vida?

O conceito de classes presente em alguns sistemas já pode resumir bem o que o personagem é, mas falta o principal: o que o motiva a seguir adiante. Muitos podem responder: “Dinheiro”, ou “Vingança”, ou até “Poder”, mas o simples fato de viver, principalmente em aventuras fantásticas e heroicas, é o fato dele saber que o mundo é perigoso, e onde [coloque o motivo aqui] pode parar…

Certa vez, li um relato de motivação de um personagem que até me surpreendeu (que souber de onde é, por favor, coloque nos comentários, pois não lembro a fonte), mas era basicamente assim:

“A motivação do meu personagem era juntar dinheiro para ter uma vida confortável. Ele começou no 1º nível, e já no segundo, tinha dinheiro para sustentar ele e a família dele por décadas. Terminado a dungeon, o mestre se vira para os jogadores perguntando o que eles iam fazer, imediatamente eu digo: ‘meu personagem vai se aposentar’. Surpresa de todos, pois era somente um nível alcançado, e todos queriam atingir seus máximos. ‘Eu, já tenho dinheiro o suficiente, e o mundo é muito perigoso para se explorar mais’. O grupo continuou suas aventuras, e meu personagem vive feliz com a família. Fim.”

A motivação do personagem faz com que ele tenha o objetivo que o motive a segurar uma espada e enfrentar um monstro várias vezes maior do que ele, e correr para salvar não somente sua pele, mas daquele outro companheiro vital no grupo. Uma simples motivação não trará somente o escárnio do personagem, como não dará uma personalidade a ele.

Procurem explorar essa motivação em jogo, e não somente “riquezas para comprar itens mais poderosos” ou “nível para matar mais monstros”, e verão que o jogo toma ares mais divertidos. Cada aventura é única, mas sempre serão aventuras, e sua motivação é a chave para entrar nelas!

Boas jogadas!

 

(postado originalmente em 06/12/2010)

 

Anúncios

4 comentários sobre “A Motivação do Herói

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s