Saudações aventureiros!

Essa é a primeira postagem de 2016, e como era tradição em nosso antigo blog, vou perpetuar a tradição de votos e promessas de ano-novo. Então acompanhem comigo minhas 10 promessas de jogador de jogos analógicos e lúdicos:

1 – Desenvolver mais uma grande campanha: como alguns já perceberam em postagens anteriores, estou elaborando uma grande campanha no cenário recente de Forgotten Realms. Depois de me entregar ao “modo automático” de aventuras prontas, estou partindo para a criação de campanha, coisa que dar muito trabalho, mas é muito gostoso de jogar. Meu grupo é que pode sofrer um pouco, mas o prato perfeito é “grupo masoquista, mestre sádico”. Claro que a criação não é exclusiva minha, mas do grupo que está jogando, e a sintonia promete.

2 – Ler mais RPG: no último ano, trabalhando com vendas de RPG, deixei o lado de leitor e assumi o de vendedor, para a minha desgraça de Nerd. Em um outro ramo – que ocupa menos tempo – posso voltar a me dedicar a ler e escrever sobre RPG. Aguardem resenhas de jogos perdidos, proibidos ou simplesmente ignorados pela massa mainstream.

3 – Jogar mais boardgames: uma coisa é certa: a onda boardgame veio para ficar. Claro que, não importa o que falem, RPG para mim é melhor do que boardgame, mas não tiro o mérito de entretenimento “rápido e visual” que eles proporcionam para o público médio. Pretendo tirar alguns domingos no ano para jogar o que tenho parado, e conhecer o que os meus amigos colecionam.

4 – Voltar a colecionar RPG: há alguns anos atrás, eu tinha parado de comprar livros físicos, pois uma certa criança aqui em casa destruiria tudo. Claro, ele cresceu (meu filho está com 5 anos e meio, e nosso próximo herdeiro está próximo) , e suas ambições hoje é preservar do que destruir, principalmente em querer jogar com os livros, então aproveitando a brecha, vou procurar reestruturar minha coleção de livros.

5 – Terminar de ler meus livros de fantasia e ficção: essa promessa já tá até virando piada. Gosto muito de comprar e ganhar livros, principalmente de terror, ficção e fantasia, mas estou negligenciando minha coleção fazem alguns meses… Tomara que em 2016 eu cumpra essa promessa.

6 – Dedicar meu tempo “livre” em uma tradução: isso ainda é uma surpresa, mas em breve vocês verão por aqui traduções de RPGs gratuitos, onde vou optar por trazer para o português RPGs indies. Aguardem…

7 – Transformar o blog (novamente) em referência: de 2008 a 2014, os Cavaleiros das Noites Insones foram referência, e no seu auge foi TOP 10 do RPG.Blogs. Pretendo manter as postagens diárias, só “folgando” nos domingos e segundas. Adaptações, notícias e resenhas ácidas, vocês verão por aqui.

8 – Voltar a fazer eventos de RPG: passei quase 2 anos sem fazer eventos. Apoiei alguns, e deixei outros seguirem seus caminhos. Em 2016 teremos logo um evento com o selo “CavaleirosInsones”. Aguardem.

9 – Produzir algo “autoral” e exclusivo: meu projeto tão antigo quanto o blog, O Mundo de Mnemesia, tomará forma em 2016. Muita coisa ainda está guardada na nuvem internérdica, e pretendo tomar forma e começar os playtests no meio do ano.

10 – Tentar puxar mais o lado abstrato do que o realista: a vida é muito curta para se preocupar demais. E vamos rolar dados!

Feliz 2016, aventureiros e aventureiras!

2016

Anúncios

2 comentários sobre “Resoluções RPGísticas de Ano-Novo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s